SOLITUDE, CONTEMPLAÇÃO E ORAÇÃO: DESAFIOS PARA O PENTECOSTALISMO

  • Egon Alberto Wutzke Centro Evangélico de Educação e Cultura – CEEDUC

Resumo

Este artigo abordará sobre a importância da solitude, contemplação e oração
para o desenvolvimento de uma espiritualidade pentecostal saudável.
Trata-se de desafios para o pentecostalismo hodierno. Vive-se em tempos
de notável agito e barulho; o ativismo desenfreado tem prejudicado o contato
de homens e mulheres do século XXI com sua dimensão mais interior
e transcendental. Para apontar caminhos de superação desta tendência, e
contribuir para o enriquecimento da tradição pentecostal, o autor realiza
uma busca no exemplo de Jesus Cristo, em sua comunhão com Deus Pai,
bem como nas orientações dos “pais do deserto”, mestres da espiritualidade
do silêncio.

Biografia do Autor

Egon Alberto Wutzke, Centro Evangélico de Educação e Cultura – CEEDUC

Publicado
2015-04-28