A AÇÃO MISSIONÁRIA CRISTÃ ENTRE OS POVOS INDÍGENAS NO BRASIL:

O CASO DO POVO TERENA

  • Iago Freitas Gonçalves PUC-SP

Resumo

O presente artigo visa apresentar o modo como a religião cristã é inserida entre os indígenas no Brasil colonial por meio das missões jesuítas. Posteriormente, o trabalho foca-se na história da introdução do cristianismo no povo Terena. Primeiro na vertente católica, século XIX, e mais tarde na vertente protestante, já no século XX. Por fim, traz alguns apontamentos de uma “pentecostalização” da fé cristã dentro das comunidades indígenas Terena.

Biografia do Autor

Iago Freitas Gonçalves, PUC-SP

Bacharel em Teologia (VCD-FTSA); Bacharel em Teologia (FNB); Mestrando do programa de pós-graduação em Ciência da Religião da PUC-SP. Atuou como professor e coordenador entre os anos de 2012 e 2013 do Seminário Teológico Indígena Terena (STIT), localizado na aldeia Moreira, do povo Terena, na cidade de Miranda-MS. Membro do Grupo de Estudos em Protestantismo e Pentecostalismo (GEPP) da PUC-SP, sob a coordenação do Prof. Dr. Edin Sued Abumanssur, que também é o orientador da pesquisa de mestrado. Email: Freitasiago@gmail.com. Este artigo é parte de seu trabalho de conclusão de curso, defendido em 2016, na FNB, intitulado: “O povo Terena: História, Catequização e Evangelização”.

Publicado
2018-06-12